o extraordinário Porsche de Janis Joplin


Quando a rainha do Rock n 'Roll cantou a famosa canção "Oh Lord, won't you buy me a Mercedes-Benz" (Oh, Senhor, não vai me comprar um Mercedes-Benz), ela estava na verdade dirigindo um Porsche. Então, talvez Janis Joplin fosse uma das amigas de quem ela estava falando na linha seguinte - "My friends all drive Porsches, I must make amends" (Todos meus amigos dirigem Porsches, preciso consertar as coisas).

Mas o Porsche de Janis estava longe de ser um modelo qualquer, bom, pelo menos não quando ela terminou sua estilização.

E agora você vai entender o porquê.


O Porsche 356C Cabriolet ano 1964 foi adquirido por Janis na Califórnia, em 1968, por U$ 3.500,00. Ao todo, outras 16.674 unidades do mesmo modelo foram produzidas mas nenhum chegou nem perto de se tornar "a história do universo". Mesmo com freios a disco e um motor poderoso, a artista achou que o seu novo carro precisava de um toque a mais, detalhes que fossem deixar o conversível mais a cara dela. Por isso, Janis o entregou ao roadie de sua banda, Dave Richards, para que ele o decorasse enquanto ela estava em turnê. Juntamente com os U$ 500 que Janis deu a Dave, ela pediu um trabalho de pintura psicodélica, mas não deu maiores orientações.


Ele inicialmente pintou o carro cinza de vermelho-maçã e depois começou a gravar o que chamou de "A História do Universo", de acordo com RM Sotheby's. No carro, Richards pintou membros da banda Big Brother and the Holding Company de Janis Joplin, o signo astrológico de Janis, águas-vivas, borboletas, o vale central da Califórnia e o "olho de Deus".



O carro foi utilizado diariamente por Janis Joplin até a data de sua morte, em 1970, quando tinha apenas 27 anos e foi encontrada morta em um quarto de hotel, vítima de uma overdose de heroína. Com a morte súbita da cantora, muitos acreditaram que o carro estava em um museu do Texas, mas se tratava apenas de uma cópia. Durante anos o Porsche de Janis foi considerado "perdido", mas a verdade é que o seu advogado conseguiu chegar ao carro e levá-lo em segurança para uma garagem poucas horas após a morte da artista, antes que o pessoal da imprensa começasse o seu show.


A família Joplin ficou com o Porsche até o dia da leitura do testamento de Janis, quando então o carro teve de ser repassado para o empresário da cantora, Albert Grossman, que dirigiu o carro por alguns anos em Nova York até que a família da cantora pode reavê-lo em 1975. Porém, durante esse tempo o carro caiu em desuso e, ao recuperá-lo a família de Janis foi obrigada a pintá-lo de cinza pois a pintura artística estava em um estado tão ruim que não poderia ser salva além terem de reconstruir o motor.



Porém, no início da década de 1990, o Porsche de Janis Joplin voltou à vida quando sua família decidiu mandar pintar o carro exatamente como o trabalho original de Richards, usando como base muitas fotos antigas. A raridade então foi emprestada ao Rock and Roll Hall of Fame em Cleveland no ano de 1995, onde permaneceu em exibição durante a maior parte das últimas duas décadas.


O Porsche 356 não é um clássico normalmente barato, ainda mais com uma carroceria conversível. Se levarmos isso em conta, não é de se estranhar que o colorido Porsche 356 C Cabriolet de Janis tenha alcançado um valor muito além do esperado em um leilão realizado pela Sotheby’s em Nova York em Dezembro de 2015. 

A previsão era que no leilão o carro alcançasse um preço estimado entre 400.000 e 600.000 dólares, o dobro do que poderia custar um Porsche 356 conversível convencional. Mas como é imprevisível o preço que pode alcançar um carro que pertenceu a uma estrela, o valor alcançou incríveis 1.760.000 dólares, tornando-se o Porsche 356 mais caro da história.


=================================================================================

=================================================================================

Livro "The Story Behind Janis Joplin's Psychedelic Porsche 356": and 49 other Highly Entertaining Tales From the World of Rare and Exotic Car Collecting - A história por trás do Psychedelic Porsche 356 de Janis Joplin: e 49 outros contos altamente divertidos do mundo da coleção de carros raros e exóticos (português)


Link na imagem ao lado.





















© 2010 - 2020 |  Kombination ®